Maconha e memória

E em relação à memória, qual é o efeito da maconha?

Elisaldo Carlini - Em relação à memória, o efeito da maconha é bastante curioso e foi muito estudado em nosso departamento. Ela bloqueia a memória de curto prazo, isto é, a memória de pequena duração da qual precisamos num determinado instante e da qual nos desfazemos em seguida. Por exemplo: ao ouvir os números de um telefone, se tivermos que procurar papel e lápis para anotá-los, eles se esvairão de nossa memória e seremos obrigados a pedir que sejam repetidos, o que não acontecerá se tomarmos nota imediatamente.
No entanto, muitas pessoas costumam queixar-se de lapsos de memória quando fumam maconha. Foi o que aconteceu com uma moça que trabalhava no PBX de um hotel e não conseguia completar as transferências de ligação porque se esquecia do número pedido segundos antes, o que não ocorria se não estivesse sob o efeito da ganja, e com o jovem bancário que, mal acabava de atender um cliente no balcão, se esquecia do nome que deveria procurar no arquivo.
Esse efeito, que de fato existe, pode trazer  prejuízo especialmente para os estudantes. Quem vive chapado o tempo todo não consolida a memória de longo prazo, uma vez que ela se solidifica pela repetição do que é registrado na memória de curto prazo. Trata-se, porém, de um efeito transitório que desaparece quando a pessoa fica sem usar.
Existe outro efeito curiosíssimo da maconha: ela diminui a taxa de testosterona circulante nos homens e reduz o número de espermatozóides, embora não os faça desaparecer completamente. Não interfere na libido.  Nesse caso, também, suspendendo-se o uso, a produção de espermatozóides volta ao normal.

Publicado em junho 3, 2011, em Cannabis na Medicina e marcado como , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Não se é com todos, já que o efeito parece variar bastante de pessoa para pessoa, mas comigo a maconha me ajudou com a memória – quando não estou sob o efeito da mesma. Explico:

    A sensação de perda de memória recente pela maconha, para mim, é muito parecida com aqueles famosos “brancos” que temos, quando uma palavra fica na ponta da lingua mas não lembramos. Eu tenho TDAH, portanto esse efeito é bem comum comigo mesmo quando eu não fumo.

    Porém, justamente por usar maconha eu criei um método para “burlar” esse efeito, associando “ganchos” para relembrar coisas e com o tempo aprendi a usar isso mesmo quando não estou chapado. Minha memória de curto prazo, sem a maconha, melhorou consideralvelmente por conta de ter aprendido a criar ganchos sempre que vou precisar decorar algo rapidamente.

    Fumando o efeito ainda é o mesmo. Mas mas não é que você se esqueça exatamente, apenas fica “enroscada” como o “branco” e basta um gancho para voltar exatamente no ponto que você estava quando deu o branco, estando chapado ou não.

    A maconha me ensinou a gerenciar minha memória e melhorou muito minha capacidade de concentração QUANDO NÃO ESTOU SOB EFEITO. Chapado, é lógico, não da pra se concentrar em nada chato.

    • sim verdade, cada pessoa tem uma fisiologia diferente e não é possível generalizar, muito interessante esse seu método de burlar TDAH, mais um ponto positivo pra maria. Lembrando q o texto ressalta “(…)Trata-se, porém, de um efeito transitório(…)”

      • Sim, é transitorio – ela não me ajuda a melhorar a memória quando fumo, mas me ajudou a aprender a lidar com o problema da minha memória que é latente. Pois em muitos brancos eu olhava para os amigos da roda e perguntava – aonde eu estava mesmo?

        A partir do momento que aprendi a fazer essa pergunta e passei a faze-la internamente os meus lapsos de memória recente (estando sóbrio) ficam muito bem “disfarçados” como um tempinho pensando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: