[2] “Guia Celeste – Hinduísmo”


Entre todas as literaturas espirituais, são as escrituras hindús que contém as mais antigas referências a cannabis como estimulante divino. Os Vedas identifcam o banghe(cannabis) como um meio de comunicação com o deus Shiva.

Shiva & Cannabis

Uma história  mítica relata como Shiva e a planta cannabis assossiaram-se. Após brigar com sua família, Shiva se afasta indo até os campos ficar só. Procurando abrigo do sol forte, se acolhe embaixo de uma planta alta de cânhamo e então esmigalha e come algumas folhas. Isso o revigora tanto que ele adota a planta como seu alimento preferido. Tornando-se por isso conhecido como “Senhor do Banghe”.

“Aquele que bebe banghe, bebe Shiva. A alma em que o espírito do bangue encontra morada desliza para um oceano de Ser livre do extenuante circulo de matéria que se cegou”

Parvati servindo bangh para Shiva

Para o hindu, a planta do cânhamo é sagrada. Um guardião vive na folha do banghe…Encontrar alguém carregano banghe é um presságio seguro de sucesso. Ver em sonho as folhas, a planta ou a água do banghe traz sorte; ele põe a deusa da fortuna ao seu alcance…um anseio por banghe prenuncia felicidade.

Um texto hindu do séc. XVII, Rajvallabha, confirma que o consumo desse alimentos dos deuses gera energia vital, amplia os poderes mentais e produz deleite para Shiva.

Bhang

Hoje em dia mesmo com a proibição dos líderes espirituais, o uso da cannabis persiste sobre a forma da bebida banghe, preparada com as folhas; as viscosas e potentes copas e flores, chamada ganja; e as resinas recolhidas, chamadas charas ou haxixe. A maior parte dos ascetas tomam tigelas de banghe para celebrar dias santos e fumam chillums [cachimbos] de ganja ao longo do Ganges.

chillum

A cannabis desempenha outros papéis na espiritualidade hindu, nos dias dedicados a Shiva e nos casamentos.

Nem todas as seitas advogam o uso do banghe, mas nenhuma condena a cannabis, desde que não seja consumida de maneira frívola, desprovida de intenção religiosa.

Publicado em junho 2, 2011, em Religião & Cannabis. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: